Terça, 23 de Julho de 2024
25°

Tempo limpo

Teresina, PI

Geral Motoristas

Motoristas de Teresina já sentem reajuste no preço da gasolina; Procon fiscaliza postos

Motoristas de Teresina já sentem reajuste no preço da gasolina; Procon fiscaliza postos

12/06/2024 às 11h14
Por: Fernando Rocha Fonte: cidadeverde.com
Compartilhe:
preço dos combustiveis
preço dos combustiveis

Por Rebeca Lima e Tiago Melo (TV Cidade Verde) 

Os motoristas teresinenses já começaram a sentir o aumento no preço da gasolina. O chefe de fiscalização do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Arimateia Arêa Leão, informou que equipes vão iniciar nesta quarta-feira (12) as fiscalizações nos postos de combustíveis.

“Os fiscais já vão iniciar hoje o trabalho verificando nos postos a possível prática abusiva, ou seja, quando anunciam o aumento e os postos de combustível aumentam esse valor acima do que é permitido. A metodologia do Procon é pegar a nota fiscal, anterior e atual, o que a distribuidora repassou, observar a margem de lucro e solicitar uma justificativa. Então, para garantir um preço razoável, o Procon está hoje e amanhã verificando os postos da capital”, pontuou.

Nesse primeiro momento, Arimateia Arêa Leão destacou que as fiscalizações ocorrerão apenas em Teresina, mas que serão realizadas operações no interior do estado ainda neste mês.

O chefe de fiscalização do Procon ressaltou ainda que as inspeções em relação à qualidade e quantidade do combustível vão continuar ocorrendo. Entre as principais irregularidades encontradas nessas ações estão a bomba baixa e o valor do teor de etanol.

“Esse é o trabalho da Operação Petróleo Real. Nós já estamos na 23ª operação no interior, em uma parceria com o Imepi. O Procon faz o teste da qualidade e o Imepi, da quantidade. Entre as irregularidades constatadas, tivemos a famosa bomba baixa e o teor de etanol”, acrescentou.

Os estabelecimentos flagrados com as irregularidades são notificados e possuem um prazo de 15 dias para recorrer da multa, que pode variar de R$ 600 a R$ 10 milhões.

Ele1 - Criar site de notícias