Quarta, 25 de Maio de 2022
29°

Alguma nebulosidade

Teresina - PI

Política Ciro crê em menor

Ciro crê em menor vantagem para Lula e admite que Bolsonaro perde no Piauí

Em entrevista exclusiva à Rede Meio Norte, ministro da Casa Civil acredita que o presidente possa dobrar seu desempenho nas urnas em relação a 2018

01/04/2022 às 19h54
Por: Fernando Rocha Fonte: meionorte.com
Compartilhe:
Ciro Nogueira
Ciro Nogueira

ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, avalia que o presidente Jair Bolsonaro, pré-candidato à reeleição, pode até dobrar o seu desempenho nas urnas em 2022, no Piauí, em relação ao pleito de 2018. Em entrevista exclusiva à Rede Meio Norte, ele disse ainda que irá sim fazer palanque para Bolsonaro no estado e que estará ao lado daqueles que historicamente defendem o presidente. 

Nós vamos montar um palanque para o presidente. Eu estarei comandando o palanque do presidente Bolsonaro aqui, com os bolsonaristas, que querem que o nosso país não retroceda (...) Bolsonaro vai ganhar a eleição no Piauí? Eu acho que não, mas o presidente vai ter pelo menos o dobro de votos que teve nas últimas eleições. E a diferença do Bolsonaro para o Lula não vai ser tão grande”, diz o ministro. 

 

No Piauí, o Partido Liberal - sigla na qual está filiado o presidente - tem como pré-candidato Major Diego Melo, com quem Ciro deve estar no palanque durante a campanha.

SÍLVIO MENDES X BOLSONARO

Questionado sobre as constantes críticas à oposição de que o pré-candidato Sílvio Mendes e o grupo do ministro estariam “escondendo” a ligação com Bolsonaro, Ciro destacou que o ex-prefeito tem uma visão diferente do processo eleitoral.

O Sílvio tem uma visão diferente. O Sílvio acha, e eu tenho que respeitar, que quem vai comandar o Piauí não é Lula nem Bolsonaro. Ou é ele ou o Rafael, ou o Major Diego, Então, os piauienses é que têm que tomar conta do Piauí. As pessoas que às vezes querem levar para o debate nacional é para esconder os problemas do estado do Piauí, que são gravíssimos. Então, o Sílvio vai tocar a campanha [dele], mas quem vai comandar a campanha do presidente Bolsonaro aqui sou eu e as pessoas que historicamente sempre lutaram pelo presidente. Nós Progressistas estaremos focados na eleição do presidente”, explica Ciro Nogueira.

CAMPANHA X CHEFIA DA CASA CIVIL

Sobre conciliar a campanha no Piauí com as atribuições da chefia da Casa Civil, o ministro explicou que sua presença no estado terá que ficar restrita aos fins de semana

Vamos participar da campanha, esse sentimento de mudança no estado nunca aconteceu como está acontecendo agora. E irei participar ativamente, com a minha liderança, o meu discurso, com a minha atuação. Lógico, ficarei restrito aos finais de semana, mas eu quero com todas as minhas forças, com toda minha esperança, participar deste momento fundamental para o futuro do Piauí”, afirma.

DESEMPENHO DE BOLSONARO

Ciro Nogueira avaliou ainda a situação do presidente no Piauí e no Nordeste, que nas últimas eleições têm dado votações expressivas ao PT de Luís Inácio Lula da Silva. A posição do ministro é de que, com uma melhor divulgação das ações de Bolsonaro nos últimos anos, é possível sim tornar a região um pouco mais “bolsonarista”.

Ciro Nogueira estará na campanha no Piauí, mas terá que conciliar com demandas da Casa Civil. Foto: Apoliana Oliveira/Meio NorteCiro Nogueira estará na campanha no Piauí, mas terá que conciliar com demandas da Casa Civil. Foto: Apoliana Oliveira/Meio Norte

Quando as pessoas tomarem conhecimento de tudo que foi feito no país pelo presidente Bolsonaro nos últimos anos, que quem cuidou do Nordeste, quem fez as grandes obras e, principalmente, quem cuidou da população, foi o presidente Bolsonaro. E o exemplo mais claro disso foi que nós ajudamos a população no momento mais difícil da humanidade, com 15 anos de Bolsa Família, que foi distribuído através do Auxílio Brasil”, avalia. 

Ele1 - Criar site de notícias