Sábado, 04 de Dezembro de 2021
29°

Alguma nebulosidade

Teresina - PI

Polícia Polícia realiza

Polícia realiza operação para prender suspeitos de feminicídio em Teresina

Estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e de busca e apreensão. Segundo a polícia, cinco pessoas já foram presas

24/11/2021 às 09h47
Por: Fernando Rocha Fonte: meionorte.com
Compartilhe:
Polícia realiza operação para prender suspeitos de feminicídio
Polícia realiza operação para prender suspeitos de feminicídio

A Polícia Civil do Piauí deflagrou, na manhã desta quarta-feira (24), a "Operação Dandara dos Palmares", que visa a prisão de suspeitos de feminicídio e tentativa de feminicídio em Teresina.

operação é realizada pelo Departamento de homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) em conjunto com o Núcleo Policial Investigativo de Feminicídio.

Estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e de busca e apreensão. Segundo a polícia, cinco pessoas já foram presas.

Todos os alvos já presos foram encaminhados para a sede do DHPP para os procedimentos legais e em seguida devem ser transferidos para unidade prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Durante o cumprimento dos mandados, a polícia realizou a apreensão de certa quantidade de drogas e uma moto roubada foi recuperada.

Dados sobre feminicídio no estado

A Secretaria Estadual de Segurança Pública, através do Núcleo Central se Estatística e Análise Criminal (NUCEAC), divulgou nesta terça-feira (23), os dados relacionados a ocorrências de violência contra mulher em todo o Piauí. No boletim conta dados dos anos 2019, 2020 e 2021. 

Neste ano de 2021, até o mês de setembro, foram registrados 4.409 boletins de ocorrências e  25 feminicídios até novembro no Piauí, segundo a Delegada Bruna Verena, coordenadora do Departamento Estadual de Proteção à Mulher, em entrevista ao Meionorte.com. Maio foi o mês com o maior registro de vítimas, sendo seis. Segundo a delegada, a denúncia de toda e qualquer forma de agressão é de extrema importância para evitar novos casos.

Teresina possui quatro Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher, em todas as zonas da cidade. Conforme a delegada, outro meio de denúncias é o aplicativo Salve Maria, além de poder acionar diretamente a Polícia Militar através do 190.

Ele1 - Criar site de notícias