Segunda, 14 de Junho de 2021
86 99829-3614
Geral Lote com mais de 90

Lote com mais de 90 mil doses de vacinas contra a Covid-19 chega no Piauí

Com essa nova remessa o estado vai iniciar a vacinação de trabalhadores de transportes aéreos e trabalhadores portuários.

26/05/2021 18h22
Por: Fernando Rocha Fonte: Meio Norte
 vacinas contra a Covid-19 chega no Piauí
vacinas contra a Covid-19 chega no Piauí

O estado do Piauí recebeu na tarde desta quarta-feira (25), um lote com mais de 90 mil doses de vacinas contra a Covid-19, enviadas pelo Ministério da Saúde. Ao todo, a remessa corresponde a 90.440 doses, sendo 82.250 vacinas da AstraZeneca/Fiocruz e 8.190 da Pfizer. 

As doses foram encaminhadas para a Rede de frios do estado, para serem distribuídas em seguida aos municípios. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, com essa nova remessa o estado vai iniciar a vacinação de trabalhadores de transportes aéreos e trabalhadores portuários.

Piauí recebe novo lote de vacinas contra a Covid-19 (Foto: Sesapi)Piauí recebe novo lote de vacinas contra a Covid-19 (Foto: Sesapi)

“Vamos iniciar a vacinação de dois novos públicos os portuários e aeroportuários, essa população está contemplada no Plano Nacional de Imunização. Isto nos possibilitará avançar ainda mais na imunização da população piauiense”, destaca o secretário

As doses da AstraZeneca/Fiocruz serão destinadas à vacinação de 100% do grupo de trabalhadores portuários (28 doses), para 78% do público de trabalhadores de transportes aéreos, 17% do grupo de comorbidades e pessoas com deficiência permanente e 7% do público de forças de segurança, salvamento e forças armadas.

Já as 8.190 doses da vacina Pfizer,  serão voltadas para a imunização de 1,9% do grupo de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, gestantes e puérperas. “Este novo lote de Pfizer ainda será disponibilizado apenas para Teresina. As demais cidades do interior, que a Sesapi fez a solicitação ao Ministério da Saúde para receber a vacina, ainda não foram contempladas”, explica o superintendente de Atenção Primária à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

Ele1 - Criar site de notícias