Quarta, 30 de Setembro de 2020
86 99829-3614
Geral Mulher admite

Mulher admite que arrancou testículo de homem, mas que agiu em legítima defesa

Mulher admite que arrancou testículo de homem, mas que agiu em legítima defesa

14/09/2020 09h52 Atualizada há 2 semanas
Por: Fernando Rocha Fonte: Bomdiameionorte
Mulher admite que arrancou testículo de homem, mas que agiu em legítima defesa
Mulher admite que arrancou testículo de homem, mas que agiu em legítima defesa

A mulher identificada como Bruna, acusada de arrancar, com uma mordida o testículo de um homem na cidade de Miguel Alves. Ela admitiu a agressão, mas afirmou que agiu em legítima defesa.

Bruna, que é usuária de drogas, relatou que no dia 05 de setembro foi contratada para fazer um programa com um homem e que o homem que teve o testículo arrancado cedeu a sua residência para ganhar R$ 20.

“Eu fui para o quarto cedido pelo Pedro e lá a gente começou o programa, mas não chegamos a terminar porque o Pedro subiu em cima da cama, que inclusive quebrou e todo mundo caiu. Eu não estou ciente que arranquei o testículo dele, estou ciente que mordi, eu mordi a primeira vez e na segunda eu mordi com mais força e ele soltou porque ele estava grudado no meu cabelo. O rapaz que estava comigo também agarrou nele, mas não conseguiu tirar ele de mim”, declarou ela.

Bruna afirmou que primeiro tentou tirar o homem e evitar que fosse estuprada em luta corporal, mas como não conseguiu, teve que mordê-lo. “O delegado disse que eu poderia ter feito algo mais razoável, mas como eu já fui estuprada quando tinha 5 anos e depois com 11 se tornou um trauma na minha vida”, afirmou ela acrescentando que não se arrepende. 

“Eu não sou hipócrita, eu tenho nojo de cara que tenta estuprar uma mulher. Eu era uma criança e não podia fazer nada, hoje eu tenho 29 anos e a situação mudou, quando eu descobri que eu tinha sido abusada eu tinha 14 anos e foi por um tio, depois disso desde os meus 17 anos que eu comecei a fazer uso de drogas”, disse.

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias