Quinta, 13 de Agosto de 2020
86 99829-3614
Dólar comercial R$ 5,45 0.698%
Euro R$ 6,41 +1.356%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.677%
Bitcoin R$ 66.667,01 +0.074%
Bovespa 102.117,79 pontos -0.06%
Economia Confira quais setore

Confira quais setores da economia vão reabrir nesta segunda no Piauí

Novos setores estão autorizados a funcionar a partir desta segunda-feira (20) atendendo as medidas sanitárias

19/07/2020 21h14
Por: Fernando Rocha Fonte: meionorte.com
Confira quais setores da economia vão reabrir nesta segunda no Piauí
Confira quais setores da economia vão reabrir nesta segunda no Piauí

Dando continuidade  ao cronograma detalhado para a retomada de todas as atividades econômicas no Piauí. O decreto assinado pelo governador Wellington Dias estabelece a flexibilização das medidas de isolamento e de restrição das atividades e reforça que todo o processo se dará de forma gradual e segmentada. 

No decreto, fica também registrado que, em caso de crescimento da transmissibilidade da doença ou aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI, o Governo poderá rever a flexibilização e adotar medidas mais rigorosas. Sendo assim, ficou estabelecido que nesta segunda-feira dia 20 de julho novos setores estão autorizados a funcionar, desde que atendam aos protocolos apresentados pelo governo em relação à segurança sanitária.

Governador Wellington Dias lançou plano de retomada da economia no Piauí - Foto: Divulgação/Ascom

Vão poder funcionar a partir do dia 20 de julho:

-Indústria de produtos químicos, médicos e farmacêuticos

-Comércio varejista e atacadista de produtos químicos, médicos farmacêuticos

-Pet Shop e alojamento de animais

-Transporte Armazenagem e Correio

-Fabricação de Móveis

-Comércio varejista e atacadista de móveis e eletrodomésticos

-Geração de Transmissão de energia elétrica e combustíveis gasosos

Em Teresina o prefeito Firmino Filho (PSBD) assinou um decreto nesta sexta-feira (10) com a nova data da segunda fase da retomada das atividades econômicas em Teresina. A partir da próxima segunda-feira (20) estão autorizadas a funcionar os setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo.

-concessionárias, vendas de peças e automotivo.

Veja o calendário da retomada:

Apresentac?a?o PROPIAUI - CALENDA?RIO RETOMADA.

RETOMADA DAS ATIVIDADES DIVIDIDAS DE FORMA ORGANIZADA:
GRUPO I - flexibilizados em 4 momentos (06/07 – 13/07 - 20/07 - 27/07)
GRUPO II - flexibilização em 2 momentos (10/08 - 24/08)
GRUPO III - flexibilização em 2 momento (08/09 – 22/09)

- No grupo I, estão alocadas as atividades consideradas de alto impacto e suas atividades correlatas: indústria de transformação e extrativa, construção civil, comércio, agricultura, pecuária e produção florestal. Foram acrescidas as atividades de saúde humana e animal dada sua relevância para a sociedade.

- No grupo II, as atividades de médio impacto econômico, como: administração pública, defesa e seguridade social, atividades administrativas e serviços complementares, Informação e comunicação, atividades de serviços pessoais, alojamento e outras atividades de serviço.

- No grupo III, por sua vez, contempla as atividades econômicas de baixo impacto tais como: artes, cultura, esporte e recreação, serviços domésticos. As atividades de educação foram acrescidas ao grupo III pois propiciam a propagação da doença.

Cada nova liberação ocorrerá a cada 15 dias até setembro, com a última etapa. Para o sucesso do Pacto é extremamente importante a consciência do empresariado no envio do Plano de Segurança Sanitária e Contenção da COVID19, das evidências do cumprimento do Plano e o preenchimento do formulário sobre saúde dos trabalhadores no Sistema do PRO PIAUÍ (link: http://propiaui.pi.gov.br).

O envio do Plano e das suas evidências e a alimentação contínua do Sistema com as informações das condições de saúde dos trabalhadores, são pré-requisitos para as garantias de segurança sanitária proposta, possibilitando uma retomada econômica pautada na contenção da disseminação do novo coronavírus.

O plano aprovado pelo COE, prevê o monitoramento epidemiológico e sanitário, realizado a cada semana; retomada gradual seguindo os critérios de segurança por cadeia produtiva e controle do fluxo de pessoas em locais públicos, ou de grande movimentação.

O calendário fica sujeito à revisão e reordenamento em caso de crescimento do nível de contágio no estado, de acordo com os dados dos boletins epidemiológicos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). O relatório de monitoramento será feito a cada sete dias, tendo como principal fonte as evidências e registros de funcionários.

O calendário de flexibilização poderá se dar de forma regionalizada, adaptando-se à realidade de cada território.

O cronograma foi apresentado e aprovado em conjunto pelo Comitê de Operações de Emergência (COE), que, de forma ampliada, contou com a participação de membros do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa, OAB, PRF, Ministério Público do Trabalho, APPM, Prefeitura de Teresina, dirigentes lojistas, autoridades em saúde, a vice-governadora, Regina Sousa, parte do secretariado, entre outros órgãos públicos e privados.

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias