Segunda, 01 de Junho de 2020
86 99829-3614
Polícia Golpistas aproveitam

Golpistas aproveitam pandemia do coronavírus para aplicar fraudes; veja como se prevenir

Golpistas aproveitam pandemia do coronavírus para aplicar fraudes

02/04/2020 09h32
Por: Fernando Rocha Fonte: cidadeverde.com
Golpistas aproveitam pandemia do coronavírus para aplicar fraudes
Golpistas aproveitam pandemia do coronavírus para aplicar fraudes

Criminosos estão aproveitando o clima emergencial da pandemia de Covid-19 para aplicar golpes na internet. Para isso, oferecem doação de máscaras e álcool em gel, testes rápidos, TV a cabo e outras vantagens falsas para extorquir suas vítimas.

O delegado de Polícia Civil, Matheus Zanatta, alerta que a prática é mais frequente do que se imagina e engana muitas pessoas. 

“Rotineiramente estão sendo aplicados golpes pela internet. Esses golpistas usam temas atuais. Então é tomar cuidado com esses golpes. Sempre desconfiar de links. Na dúvida, vá no site do governo estadual, municipal para conferir”, explicou. 

Confira abaixo os principais golpes que circulam atualmente. Os golpes geralmente funcionam por meio de links e apresentam vantagens em produtos e serviços.

  • Agende teste do coronavírus: os golpistas oferecem teste para a Covid-19, serviço que apenas os hospitais públicos e da rede privada, após internação, podem oferecer;
  • Kit gratuito de máscara e álcool em gel dado pelo governo: apenas os profissionais da saúde e os servidores públicos em serviço estão recebendo os equipamentos pelo governo, a distribuição não é universal;
  • Álcool gel doado por uma cervejaria. Registre-se: o link é falso e não é o da cervejaria que anunciou a produção de álcool em gel. A empresa informou que a prioridade é para unidades de saúde.
  • Liberação gratuita de TV a cabo e streaming: não acessar o link compartilhado. Para conferir se a TV está oferecendo alguma vantagem nesse período, acesse o site oficial.
  • Formulário de auxílio emergencial: o auxílio é federal e deve estar ligado ao governo federal. Na dúvida, busque diretamente nos sites oficiais do governo.
  • E-mails com links falsos em nomes de hospitais e bancos: não acessar links enviados por e-mail sem ter a certeza de que são enviados pelo banco ou hospital. 

Medidas de proteção

Dentre as principais medidas de proteção estão: evitar aplicativos e programas que você não conhece, não abrir links desconhecidos enviados através de e-mail ou whats app e não enviar dinheiro para contas enviadas por mensagem ou por links em redes sociais. Outra medida é configurar a segurança dos aplicativos habilitando a verificação em duas etapas em aplicativos como Facebook, WhatsApp e e-mail.

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias