Nem Motos, Nem Veiculos, Pé Quente, Alexandre
Servidor do TJ é mor

Servidor do TJ é morto em latrocínio no Tancredo Neves

Dupla matou servidor a tiros e levaram uma Hilux

29/08/2019 10h14
Por: Fernando Rocha
Fonte: meionorte.com/Arimateia Carvalho
Servidor do TJ é morto em latrocínio no Tancredo Neves
Servidor do TJ é morto em latrocínio no Tancredo Neves

O analista judiciário do Tribunal de Justiça do Piauí, Francisco das Chagas Campelo e Silva, de 54 anos, foi assassinado durante uma tentativa de assalto, no bairro Tancredo Neves, na zona Sudeste de Teresina. 

O caso aconteceu por volta das 20h. De acordo com informações do subtenente Fernandes, do 8º Batalhão da Polícia Militar, o servidor foi abordado por uma dupla e reagiu a tentativa de assalto. "Nós fomos acionados via copom sobre esse possível latrocínio, ao chegarmos foi constatado a veracidade dos fatos, ele foi alvejado com dois tiros, sendo um no peito e um nas costas vindo a óbito no local. Segundo testemunhas, ele não quis entregar a chave da Hilux dele e os elementos dispararam contra o mesmo", afirmou.

Depois, os criminosos levaram um veículo da vítima modelo Hilux, de placa EZN-4824. Após o ocorrido eles abandonaram o carro pouco mais de um quilômetro, embaixo da ponte do Parque Rodoviário, zona Sul da capital.

Crédito: Polícia Militar do Piauí.

O caso aconteceu por volta das 20h. O servidor foi abordado por uma dupla, que atirou nele e depois levaram um veículo modelo Hilux, de placa EZN-4824. Após o ocorrido eles abandonaram o carro pouco mais de um quilômetro do ocorrido, embaixo da ponte do Parque Rodoviário, zona Sul da capital.

“A gente estava indo com o carro o alarme acionou, ele parou de uma vez e não queria mais ligar, abandonamos e entramos no matagal”, declarou um dos acusados que foi preso logo em seguida em um matagal no bairro Morada Nova.  

A testemunha do crime, o amigo de Chaguinha, relatou como o fato aconteceu. "Ele foi para o carro e o outro já se agarrou nele, ele atirou o meu amigo estava na porta do carro. Foi quando ele saiu, quis correr e o bandido deu mais um tiro nas costas”, disse. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários