ROCHA PUBLICIDADES TOPO
Devido o forte

PRF afirma que capitão Anderson dirigia acima da velocidade permitida

Devido o forte impacto o capitão teve morte imediata e o corpo ficou preso às ferragens, mas já foi removido pelo Corpo de Bombeiros.

01/08/2019 16h10
Por: Fernando Rocha
Fonte: meionorte.com
Capitão Anderson
Capitão Anderson

A Polícia Rodoviária Federal informou na tarde desta quinta-feira (1º/08), que segundo o levantamento feito no local  e testemunhas do acidente que vitimou o presidente municipal do PSL, Capitão Anderson, o veículo estava em uma velocidade incompatível para o local e utilizava um pneu de emergência que por orientação técnica só pode desenvolver velocidade máxima de 80 km/h. 

O acidente ocorreu por volta das 8h15 de hoje, no Km 150, da BR-343, no município de Piracuruca. Segundo a PRF o veículo modelo Fiat/Siena Essence 1.6 saiu da pista e colidiu com uma árvore. As condições da rodovia são boas e o local do acidente é uma curva.

Devido o forte impacto da colisão, o Capitão Anderson teve morte imediata e o corpo ficou preso às ferragens porém, já foi retirado do veículo pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Instituto Médico Legal - IML.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários