ROCHA PUBLICIDADES TOPO
São Paulo elimina

São Paulo elimina Palmeiras nos pênaltis e vai à final do Paulista

São Paulo elimina Palmeiras nos pênaltis e vai à final do Paulista

07/04/2019 18h04
Por: Fernando Rocha
Fonte: uol esportes
São Paulo elimina Palmeiras nos pênaltis e vai à final do Paulista
São Paulo elimina Palmeiras nos pênaltis e vai à final do Paulista

São Paulo se classificou para a final do Campeonato Paulista após eliminar o Palmeiras na decisão por pênaltis hoje, no Allianz Parque, após repetir o resultado do primeiro jogo no "tempo normal" e empatar sem gols com o rival. Nas penalidades, os são-paulinos venceram por 5 a 4. O time do Morumbi não chegava a uma decisão de Estadual desde 2003.

O clássico foi bastante movimentado, com chances desperdiçadas, gols anulados e, principalmente, com diversos momentos "quentes". Jogadores de Palmeiras e São Paulo protagonizaram discussões e muitos empurrões entre eles, o adversário do São Paulo sai do confronto entre Santos e Corinthians amanhã, às 20h (de Brasília), no estádio do Pacaembu. O time de Parque São Jorge tem a vantagem do empate pois venceu o jogo de ida por 2 a 1, em Itaquera.

O melhor: Clássico tem "Luans" inspirados

Como os atacantes não decidiram o clássico, os dois "Luans" se destacaram no sistema defensivo. Tanto o Luan, do Palmeiras, como o Luan, do São Paulo, ganharam a maioria das jogadas individuais e até "salvaram" suas equipes da derrota no "tempo normal" com intervenções precisas. O palmeirense ainda fez o dele na decisão por pênaltis.

O pior: Scarpa apagado é substituído

O meia Scarpa teve atuação bastante apagada no clássico. O palmeirense estava em um ritmo bem diferente dos demais atletas. Em jogo quente, ele demonstrou pouco brio e ainda errou muito quando pegava na bola, inclusive, passes curtos em armação de jogadas. Foi substituído por Zé Rafael.

Jogo quente e com muitos embates

O jogo foi bastante nervoso entre Palmeiras e São Paulo. Foram diversas discussões e troca de empurrões, além das "famosas" ameaças de brigas. Os embates entre palmeirenses e são-paulinos se resumiram a Gustavo Gómez x Igor Gomes e Hudson, depois Hudson x Bruno Henrique, além de Felipe Mello x Reinaldo - neste caso até o VAR foi acionado para ver se houve agressão, mas não confirmada pelo árbitro de vídeo. O meia-atacante Ricardo Goulart também esquentou o jogo em discussões com Everton e com a arbitragem.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários