Terça, 19 de março de 2019
86 99829-3614
Política

18/02/2019 ás 09h32

Fernando Rocha

Lagoinha / PI

Júlio Arcoverde nega rompimento com governador e confirma ida para Semel
Júlio Arcoverde nega rompimento com governador e confirma ida para Semel
Júlio Arcoverde nega rompimento com governador e confirma ida para Semel
Júlio Arcoverde nega rompimento com governador e confirma ida para Semel

A saída do deputado estadual Júlio Arcoverde (PP) da Assembleia Legislativa do Piauí trouxe à tona especulações sobre um possível rompimento com o governador Wellington Dias (PT). Contrariando boatos, o parlamentar destacou a relação amigável com o petista e declarou, inclusive, que vai apoiá-lo na discussão sobre a reforma administrativa que será votada na Alepi. 


"No fim de semana, estive com o governador com vários amigos, expliquei para ele a situação. Ele apenas pediu que eu estivesse presente na Assembleia, mesmo que informalmente, quando for discutida a proposta de reforma do estado. Nosso partido deve ser o que mais tem unidade em relação a reforma. Vamos ponderar alguns pontos pequenos. Acredito que dentro do nosso partido tem quase uma unanimidade", disse o deputado acrescentando  que a reforma administrativa deverá ser aprovada sem dificuldades


Júlio Arcoverde deixa a Alepi para assumir a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Teresina (Semel). A posse deve acontecer na próxima sexta-feira (22). A vaga na Assembleia será ocupada por B.Sá (PP), primeiro suplente da coligação.


O deputado esclarece que a saída da Alepi não implicará em custos. 


"Em outubro, o Progressistas fez uma proposta ao governador de redução da máquina e o governador atendeu  muitas propostas. Um acordo que fiz com o B.Sá é que ele não poderia nomear ninguém neste período até o governador chamar os suplentes. Ele vai usar meu gabinete, minha parte técnica que é justamente para não acarretar custos para o estado através da Assembleia", esclarece o parlmentar.



"A Assembleia vai continuar pagando 30 deputados como paga hoje. O deputado Júlio vai receber seu salário pela prefeitura de Teresina. Não vai ter custo extra para o estado. Seria até incoerente", completa Arcoverde. 

FONTE: cidadeverde.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium