Terça, 19 de março de 2019
86 99829-3614
Política

11/01/2019 ás 08h03

Fernando Rocha

Lagoinha / PI

Diretoria da APPM é empossada para o biênio 2019/2020
Diretoria da APPM é empossada para o biênio 2019/2020
Diretoria da APPM é empossada para o biênio 2019/2020
Diretoria da APPM é empossada para o biênio 2019/2020

O prefeito de Água Branca, Jonas Moura e mais quinze prefeitos representantes das microrregiões do Estado tomaram posse, na manhã desta quinta-feira (10), no auditório da entidade Municipalista Piauiense.


A solenidade contou com a presença do Governador Wellington Dias, da Vice-Governadora Regina Sousa, Senador eleito Marcelo Castro, Deputados Federais Júlio César, Assis Carvalho, Rejane Dias e Margarete Coelho, Deputados Estaduais, representantes de diversos órgãos do estado, além dos Prefeitos e Prefeitas Piauienses. Também participou da cerimônia o Presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi.


Durante solenidade, Jonas Moura destacou as dificuldades financeiras dos municípios e afirma confiar que o Governo de Jair Bolsonaro irá valorizar mais os municípios. Como meta, destacou a necessidade da APPM ajudar os prefeitos no diálogo com o Governo Federal. Segundo o gestor, os municípios menores terão mais atenção da APPM.


"Nossa principal meta é tornar essa casa um suporte para os prefeitos, principalmente, os prefeitos que chamamos de 0.6. São municípios de menor porte e possuem maior dependência do Governo Federal. O importante é fazer com que o prefeito tenha esse suporte.  E juntos vamos tornar a APPM muito mais forte. O suporte é fazer o básico.  E muitos ainda nem fez o básico como, por exemplo, fazer um plano municipal de Saúde, de Saneamento Básico, plano municipal de Educação. Tudo isso é  exigido em Brasília para trazer novos recursos", declarou.



Jonas Moura também defendeu a necessidade de parceria com os órgãos de controle e afirmou acreditar no discurso do presidente Jair Bolsonaro de valorizar os municípios. Destacou, ainda, a frase dita por Bolsonaro que destaca a descentralização de recursos.


 "Queremos ter os órgãos de controle como parceiros. Precisamos aprender com os órgãos que desempenham esse trabalho e com a experiência que eles têm, porque eles podem ajudar os prefeitos. Vamos buscar parceria no sentido de aprendizagem. Quanto ao governo federal, queremos que agora os municípios tenham vez. Temos confiança no discurso de menos Brasília e mais Brasil. A gestão financeira é um grande desafio, sabemos que essa questão é uma dificuldade enorme, mas vamos dar o nosso melhor pelo municipalismo piauiense", disse.



O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, disse que também espera que o governo cumpra o discurso e enfatizou a importância dos municípios. 


"O prefeito Jonas é titular do Conselho Fiscal da CNM. Sempre participou das discussões. O governo que assumiu o país fez discurso claro de 'menos Brasília e mais Brasil'. A gestão local é a ferramenta mais importante para prestação dos serviços públicos. O governo federal transferiu as responsabilidades para municípios e não transferiu os recursos", disse Douglas Wamling.



O governador Wellington Dias (PT) disse que fará um mandato mais próximo dos municípios. 


"O prefeito e presidente que conclui mandato agora teve papel destacado de  mediação com os municípios, e o prefeito Jonas Moura tem boa relação com os poderes. Me comprometi a me aproximar mais dos municípios, especialmente, na área da saúde. Uma das principais metas nossa é a redução da mortalidade. É levar água potável para todo o Piauí. Será um mandato mais próximo dos municípios", disse.



Com relação à parceria com o governador do Estado, Jonas Moura afirma que a APPM pode ajudar o governo a resolver problemas antigos. 


“Temos relação de parcerias. Recebemos o governador e vamos renovar essa parceria. Com o conhecimento que tem, a APPM pode ajudar o governador orientando e dando dados e linhas que pode fazer com que o estado ande mais rápido. O Piauí já tem algumas divisões importantes como à questão dos territórios. Precisamos fazer as coisas acontecerem. É isso que queremos”, disse. 


Durante a solenidade, o ex-presidente da entidade, Gil Carlos, entregou dois veículos que vão compor a frota da APPM.


“Deixamos na APPM um legado que muito nos honra. Durante dois anos pudemos contribuir com o municipalismo piauiense, através de uma gestão comprometida e que procurou dar o seu melhor pelos prefeitos piauienses e suas gestões. Esses dois veículos que entregamos hoje é mais uma ação nossa que vai beneficiar não só a APPM, mas a qualidade dos serviços que ela presta aos municípios”, conclui.



A nova diretoria da Associação Piauiense de Municípios começa oficialmente hoje (10) e perdura por dois anos.

FONTE: ASCOM/APPM-PI

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium