Sábado, 15 de dezembro de 2018
86 99829-3614
Brasil

07/12/2018 ás 16h35 - atualizada em 07/12/2018 ás 16h52

830

Fernando Rocha

Lagoinha / PI

Menino que caiu em cratera sofreu traumatismo craniano
Menino que caiu em cratera sofreu traumatismo craniano
Menino que caiu em cratera sofreu traumatismo craniano
Menino que caiu em cratera sofreu traumatismo craniano

Por volta de 09h30 dessa sexta-feira (07/12), técnicos da Defesa Civil voltaram a residência onde foi aberta uma cratera no quarto na noite de ontem, com uma tentativa de salvar os móveis que restaram depois de uma noite de terror e de muito medo. A casa fica na Vila Cristalina , no bairro Água Mineral, na zona Norte de Teresina. O piso do quarto desapareceu por completo


Segundo informações, o imóvel é novo, foi construído a aproximadamente dois anos em uma área que segundo a Defesa Civil é considerada de risco já que por baixo do imóvel passa uma galeria.


Ontem por volta das 22h, um casal e os três filhos estavam no quarto assistindo televisão quando a dona da casa começou a ouvir barulho forte vindo do chão, de repente o chão cedeu e a família caiu no buraco de aproximadamente 7 metros de profundidade. Foram necessárias cinco viaturas do Corpo de Bombeiros para retirá-los do local em mais de duas horas de trabalho.



 (Crédito: Reprodução/TVMN)
(Crédito: Reprodução/TVMN)



De acordo com a assessoria do HUT, os cinco foram levados para o hospital, duas crianças tiveram ferimentos leves apenas com raladuras, e o outro sofreu traumatismo craniano, mas seu estado de saúde é estável. A mãe passa bem mas o pai teve um caso mais grave e deve ser submetido a uma cirurgia.


Segundo Sebastião Cândido, técnico da Defesa Civil, a área é de risco. “Houve uma sedimentação do aterro no piso, vindo a ceder por erosão e criou uma cratera no quarto inclusive pegando uma parte da sala e no momento a família estava no quarto vindo todos a cair na cratera, aqui é uma área de aterro próximo a galeria então teve alguma infiltração no terreno e essa infiltração vai levando material do aterro e criando sedimentação ao ponto de haver uma erosão que foi o que aconteceu no local”, afirmou.



 (Crédito: Reprodução/TVMN)
(Crédito: Reprodução/TVMN)



Marli de Sousa, avó das crianças acompanhava todo processo da Defesa Civil na residência. “Eles estavam todos assistindo televisão, as três crianças, o pai e a mãe aí ela começou a escutar estalos, quando olhou a cerâmica engoliu tudo, guarda-roupa, cama , colchão, todos eles”, disse.


Para quem participou do resgate a família teve muita sorte: “Relativamente muita sorte porque se não tivesse sido feito a casa com uma espécie de radiê na base de sustentação, teria desabado sobre eles. O trabalho de resgate foi complicado devido a profundidade da cratera e também a quantidade de pessoas, principalmente havendo crianças”, declarou o técnico.



 (Crédito: Reprodução/TVMN)
(Crédito: Reprodução/TVMN)



As casas no entorno do imóvel que desabou foram periciadas na manhã dessa sexta-feira (07/12). A chuva intensa provocou a sedimentação do terreno e há riscos de novos desmoronamentos.


“Aqui era um grotão, foi feita uma galeria e foi feito o aterro para poder fazer a rua porque a gente não tinha passagem, quando essas pessoas vieram para cá para fazer as casas foi avisado para a prefeitura, os fiscais vieram, retiraram todos eles mas o povo voltou. Essa moça já comprou de uma outra pessoa mas só que todos eram conscientes que aqui não poderia fazer casa, a prefeitura acompanhou mas todo mundo insistiu”, disse uma vizinha.



 (Crédito: Reprodução/TVMN)
(Crédito: Reprodução/TVMN)




 (Crédito: Reprodução/TVMN)

FONTE: meionorte.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium