Sexta, 22 de junho de 2018
86 99829-3614
Geral

16/05/2018 ás 14h03 - atualizada em 16/05/2018 ás 14h26

3.651

Fernando Rocha

Lagoinha / PI

Caso Aretha: Ex-namorado suspeito seria motorista de Uber
Caso Aretha: Ex-namorado suspeito seria motorista de Uber
Caso Aretha: Ex-namorado suspeito seria motorista de Uber
Ex-namorado suspeito seria motorista de Uber

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou que o assassinato da cabeleireira Aretha Dantas Claroencontrada morta com requintes de crueldade na Avenida Maranhão, zona Sul de Teresina, na madrugada de terça-feira (15), está sendo investigado pelo  Núcleo de Feminicídio. 


De acordo com as investigações, o principal suspeito do crime é o ex-namorado da cabeleireira, ainda não identificado. O homem é considerado suspeito porque não foi visto nas últimas 24h e por haver relatos de familiares e amigos de que o relacionamento entre os dois era bastante conturbado, com brigas e agressões. O ex-companheiro da jovem seria motorista do aplicativo Uber



Aretha Dantas Claro (Crédito: Facebook/Reprodução )
Aretha Dantas Claro (Crédito: Facebook/Reprodução )



Conforme informações apuradas pela jornalista Liana Paiva, do Agora da Rede Meio Norte, Aretha Dantas arrumou um novo namorado após o término do relacionamento e, mesmo assim, continuou sendo procurada pelo ex-companheiro através de uma amiga. Segundo amigos e familiares, a vítima tentava seguir a vida com o novo namorado, mas era constantemente procurada pelo ex. A família acredita que a insistência em reatar o relacionamento motivou o crime. 


A vítima residia no bairro Saci, onde ocorre velório, e costumava utilizar o aplicativo Uber para se deslocar para alguns locais. O  suspeito do crime, por ter acesso ao aplicativo, tinha informações de quando a cabeleireira Aretha Dantas chamava um motorista e usava esse meio de transporte. 


O atual namorado de Aretha Dantas já prestou depoimento e afirmou para polícia que estava sendo ameaçado pelo suspeito que seria motorista da Uber. O irmão da vítima, que não quis gravar entrevista, chegou a relatar alguns casos de agressão da parte do ex-namorado da jovem.   



cabCorpo da cabeleireira Aretha Dantas Claro (Crédito: Rede Meio Norte)
Corpo da cabeleireira Aretha Dantas Claro (Crédito: Rede Meio Norte)



A polícia está apurando todas essas informações e tem dificuldade para identificar o carro em que Aretha foi deixada ou atropelada. A polícia ainda não sabe se ela foi esfaqueada na Av. Maranhão e lá foi atropelada, ou se ela foi esfaqueada em outro local e lá na [avenida Maranhão] teve o corpo deixado. 


Diante da complexidade do caso, mesmo que a polícia localize o autor do crime, vai ser necessário uma reconstituição. Algumas testemunhas chegaram logo depois que o corpo já estava estendido no local, o que dificultou o trabalho da polícia. 


'Autor do crime deixou sua assinatura', diz delegado


Segundo o delegado Francisco Costa, o Baretta, a investigação está bem avançada e nos próximos dias o autor do crime será apresentado. “Eu posso afirmar categoricamente, conversei com a delegada Luana que está a frente da investigação, ela esta bem avançada, posso dizer que não vai tardar para chegarmos ao autor ou autores do crime. Alguns membros da família foram ouvidos, dentro desse perfil dela nós empregamos uma técnica de investigação, a delegada está trabalhando muito bem, eu não tenho a menor dúvida que nos próximos dias esse crime está devidamente esclarecido. O perito de local de crime vai interpretar todos os vestígios deixados lá, vamos atrás das respostas objetivas de cada questão, eu acho que nem vai ser preciso a delegada dar ‘bom dia’, acho que ela já deu ‘boa tarde’ e ‘boa noite’ para ela e já está a caminho de chegar no criminoso”, afirmou.


Ainda segundo o delegado, o criminoso deixou suas marcas na ação. “Todo assassino planeja o seu crime, ninguém faz algo sem planejar, todo homicídio doloso tem uma motivação. E esse crime de ontem não foi diferente, o criminoso deixou sua assinatura na cena, é em cima dela que vamos atrás”, declarou Baretta.


Suspeito estaria com passagem comprada para fugir


O irmão de Aretha relatou que a última visualização do WhatsApp da jovem foi 02h05 da madrugada de terça e a do ex-companheiro que é apontado como principal suspeitodo crime foi 03h15, depois disso, não entrou mais no aplicativo de conversas. Ainda de acordo com o irmão, a família já tem informações concretas de que o ex-namorado está com uma passagem marcadapara o dia 20 deste mês para embarcar de Fortaleza para Portugal. A polícia está investigando para saber se ele se encontra em Teresina ou se já teria ido para Fortaleza.


 

FONTE: jornal agora

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium